domingo, 13 de novembro de 2011

Preenchermos com a presença de Deus.


VERSÍCULO:

“Quando um espírito imundo sai de um homem, passa por lugares

áridos procurando descanso, e, não o encontrando, diz: ‘Voltarei

para a casa de onde saí’. Quando chega, encontra a casa varrida e

em ordem. Então vai e traz outros sete espíritos piores do que ele,

e entrando passam a viver ali. E o estado final daquele homem

torna-se pior do que o primeiro”.

-- Lucas 11:24-26



PENSAMENTO:

Discutem se é possível um Cristão ser possesso por demônio ou

espírito imundo. Alguns vêem nisso um contra-senso, uma vez que o

próprio Espírito Santo de Deus habita no Cristão (Lc 11:13; João

14:17). Como poderia então outro espírito habitar na mesma pessoa?

Outros parecem praticamente fazer carreira de expulsar demônios,

tanto em crentes quanto descrentes. Uma coisa sabemos - dentro de

todos, inclusive crentes, há um espaço que será preenchido. Se não

o preenchermos com a presença de Deus, ele será preenchido pelas

forças do mal, quer seja por forças externas entrando ou desejos

pecaminosos nascendo dentro de nós. Estas palavras de Jesus nos

lembram o contraste que Paulo faz entre o enchimento com vinho e

com o Espírito Santo. Encher-se do Espírito, como Paulo recomendou

aos Cristãos (Efé 5:18), significa deixá-lo preencher tudo em nós.

É o resultado de amar a Deus de todo nosso coração, alma, força e

entendimento (Lc 10:27). Todo Cristão deve possuir dentro dele o

Espírito Santo. Jesus quer que o Espírito Santo possua todo o

Cristão. Hoje, as coisas que você ler e escutar, assistir ou pensar

vão contribuir para lhe encher de alguma coisa. De que será?



“E vos darei um coração novo e porei dentro de vós um espírito novo; e tirarei o coração de pedra da vossa carne e vos darei um coração de carne. E porei dentro de vós o meu espírito e farei que andeis nos meus estatutos, e guardeis os meus juízos, e os observeis.” Ezequiel 36:26-27



Nenhum comentário:

Postar um comentário