segunda-feira, 11 de julho de 2011

DNA de uma Juventude


Em 1866 Gregor Mendel descreveu os genes através dos seus efeitos finais tais como os fenótipos, ou seja, a aparência das pessoas e animais. Pelos experimentos de Mendel, e de outros pesquisadores, ficou definido que os genes levam a informação genética de uma geração para outra.


Enquanto jovens e adolescentes carregamos um DNA espiritual, que por vezes recebemos e outras vezes produzimos. Sugiro aqui que esse DNA se divide em quatro grandes cromossomos.


O primeiro é o da criação: todos nós fomos criados a imagem e semelhança do grandíssimo Deus. Segundo é o da queda: todos nós pecamos (nascemos no pecado) e por nossa própria desobediência estamos separados da glória de Deus. Terceiro é o da reconciliação: todos precisamos nos reconciliar com o Pai. E o quarto cromossomo é a glorificação; existe um perfeito lugar esperando por nós.


Fomos criados a imagem e semelhança do Pai, e no começo tínhamos perfeita comunhão com o Criador. Como juventude, individual e coletivamente, devemos buscar essa comunhão madura que Adão e Eva tinham no principio.


Pecamos, todos pecamos. Devemos assumir a desobediência, ver onde caímos e dar o passo seguinte, que é a reconciliação. Historicamente estamos situados exatamente aqui, nosso tempo é o tempo da reconciliação. Ainda existe um céu que nos espera. Embora alguns tenham esquecido, nosso Jesus foi para o Pai para preparar muitas moradas, as nossas moradas.

Meu desejo e minhas orações para essa nova etapa da nossa juventude se relacionam ao terceiro aspecto do nosso DNA, a reconciliação. E daqui devemos buscar juntos dois pontos: a formação do caráter de Cristo em nós e a nossa vocação. Vamos desenvolver, na companhia um dos outros, o caráter de Cristo em nós, busque um amigo espiritual. Alguém que você possa contar seus segredos e que ele conte os dele. Orem juntos,


alguém em quem você confia e não esconda seus pecados. Eu tenho meu amigo espiritual e juntos crescemos em Cristo. Já tenho meu amigo e presto conta da minha vida espiritual e familiar.


E simultaneamente, se dedique a descobrir qual é sua vocação. Entenda por vocação aquilo que Deus irá te cobrar no dia do juízo.


E aí, JOVEM E ADOLESCENTE, quem é o seu amigo espiritual e qual a sua vocação?


conte comigo nessa caminhada de descoberta.




JOVENS COM PROPÓSITO








EXTRAÍDO

Nenhum comentário:

Postar um comentário